x Perfil




BRASIL, Mulher, de 20 a 25 anos





x Links
- Mulé Burra
- Lé-ri-bi
- Any
- RatazAna
- Omelete
- Kibe Loco
- Meu flog



x Votação

- Dê uma nota para o meu blog
- Indique este blog


x Contador

x Histórico

- 27/12/2009 a 02/01/2010

- 28/06/2009 a 04/07/2009

- 22/06/2008 a 28/06/2008

- 13/01/2008 a 19/01/2008

- 23/12/2007 a 29/12/2007

- 18/11/2007 a 24/11/2007

- 30/09/2007 a 06/10/2007

- 05/08/2007 a 11/08/2007

- 10/06/2007 a 16/06/2007

- 03/06/2007 a 09/06/2007

- 27/05/2007 a 02/06/2007

x Créditos




Natal, Ano Novo...


Época de festas, cores e luzes. Desejos com sabor de infância.
Presentes, laços e cartões.
Época de esperança, de vestir nosso melhor sorriso e aquela vontade boa de se renovar, de ser, de estar, de amar... E sempre querer MAIS!


Mais paz, saúde e amor, "todo amor que houver nessa vida..."
Mais evolução e coragem. Mais presença de Deus dentro de cada um.
Mais riqueza espiritual e luz. Mais tolerância, humildade e compaixão.
Mais segurança e proteção. Mais abraços e carinhos.
Mais tempo, mais dias de sol, mais sorrisos e beijos na boca.
Mais noites bem dormidas. Mais harmonia e verdade.
Mais arte, tardes no cinema, mais poesia e música, muita música.
Buscas e encontros. Metas e realizações.

Que a gente esteja presente, seja presente.
E que tente sempre... Ser MELHOR.
 
Um Feliz re-começo para todos! Bem humorado



- Postado por: K às 11h12
[ ] [ envie esta mensagem ]






O pintor Waldeny Elias atende à campainha de seu ateliê na rua General Vitorino e lá está Mario Quintana. Viera agradecer pelo presente, uma “pintura de bolso”, de 6 cm x 4 cm. Levava-a, contou com um sorriso português, “na algibeira do fato domingueiro”. Retribuiu presenteando o velho amigo com o recém-lançado livro Do Caderno H.
Na dedicatória, justificou porque não havia aceito um quadro grande que o pintor lhe oferecera.

- Elias, me desculpe e acredite. Eu não tenho paredes. Só tenho horizontes...

Sorriso



- Postado por: K às 11h16
[ ] [ envie esta mensagem ]






Here Comes The Sun - The Beatles

Here comes the sun, here comes the sun,
And I say it's all right

Little darling, it's been a long cold lonely winter
Little darling, it feels like years since it's been here
Here comes the sun, here comes the sun
And I say it's all right

Little darling, the smiles returning to their faces
Little darling, it seems like years since it's been here
Here comes the sun, here comes the sun
And I say it's all right

Sun, sun, sun, here it comes...
Sun, sun, sun, here it comes...
Sun, sun, sun, here it comes...
Sun, sun, sun, here it comes...
Sun, sun, sun, here it comes...

Little darling, I feel that ice is slowly melting
Little darling, it seems like years since it's been clear
Here comes the sun, here comes the sun,
And I say it's all right

Here comes the sun, here comes the sun,
It's all right


Música viciante..

- Postado por: K às 19h18
[ ] [ envie esta mensagem ]






Vazio

Mais do que não saber lidar com mudanças, não sei lidar com perdas.

Meu coração é constituídos por vários pedacinhos, sejam eles fragmentos de momentos, pessoas, sentimentos, tudo aquilo que é importante e ele tem espaço pra tudo o que já passou e muito mais, porque ele não tem tamanho.

No dia 05 de janeiro de 1994, perdi uma grande parte de tudo isso.
Nesse dia perdi meu avô, no lugar não ficou apenas um grande vazio mas uma ferida que nunca cicatrizou, e que ainda dói, e que é indiferente ao tempo que se passa.
Acredito que não existe morte do espírito, acredito que em algum lugar exista uma segunda chance, acredito que exista um lugar melhor, acredito no encontro de almas.
Minha alma encontrou a dele e quando a perdeu (neste plano) ficou com menos brilho, acho que só assim pra definir tanto sentimento, tanta dor, só assim pra definir tanta saudade... Encontro de almas.

Depois desse dia tive outras perdas, mas nunca foi tão difícil quanto, mas sempre tive medo de sentir aquela dor novamente, sensação de impotência, simplesmente não ter chão.

É engraçado como fazemos tantos planos, sonhamos tanto, desejamos, brigamos... E seguimos assim, errando e acertando, seguimos sem saber até onde vamos chegar.

Sábado encontrei fotos de quando eu era criança e as mostrei pro meu pai, ele disse que eu era linda demais e eu disse "é, eu era..", ele disse "é, sempre será, mesmo brigando comigo", encontrei recortes de jornais que ele guardava, encontrei um óculos que ele usava, encontrei fotos dele e quando as vi, pensei "como as pessoas mudam..", e pensei de uma forma negativa até, e mostrei as fotos para meu noivo, pra minha mãe e repeti o que eu havia pensando.
E passei o resto da noite, sonhando, planejando, pensando em como seria meu casamento, pensando se eu convencia meu pai a vestir tal roupa...

Meu pai sempre foi muito inteligente mas terrívelmente teimoso e um implicante/reclamão de carteirinha, mas para ele sempre fui a "filhinha" dele, para ele eu nunca cresci, mas eu cresci e por tantas vezes reclamava dele me tratar como criança, como a "filhinha".

Sábado eu disse "ele já tem 72 anos, nada é eterno, e não é bom deixar pendências...", e eu achei que pudesse resolver essas pendências, ao menos tentar, mas tive medo por ele e pensei que eu podia deixar isso pra depois, pensar melhor depois... Mas quando saber se existe o depois?

Domingo vi que nem sempre existe o depois.

O dia amanheceu apreensivo, confuso... E o dia seguiu triste, chuvoso, minha alma perdeu o brilho mais uma vez e meu coração parou por um instante, sentindo ser arrancada uma parte muito especial.

Em menos de 24 horas tudo se desfez, tudo se despedaçou e eu perdi meu chão, entrei no quarto vazio procurando uma roupa pra colocarem nele... Como pode isso? Por que tinha que ser assim?

Chorei pensando em porque ele tinha que me deixar agora, pensei que não era justo, pensei que era um pesadelo e eu só queria acordar, agradeci por ele ter conhecido a Lara, lamentei que ela não lembrará dele, lamentei que ele não vai estar do meu lado em um dia que vai ser muito especial, chorei porque ele não vai conhecer meus filhos, chorei porque não dei adeus, chorei porque a última vez que eu vi, ele estava péssimo e no fundo eu sabia o que aconteceria, mas meu coração não quis acreditar, pensou que era só um susto como das outras vezes.
Chorei porque dói.

Não existe conforto, não existe "seja forte" e não existem palavras que expliquem ou que aqueçam meu coração, porque só existe meu coração sem mais um pedaço, doendo demais e achando tudo injusto.

Meu coração só reclama, não sabe o que é ser forte e não quer ser, porque não era pra passar por isso, ele é egoísta e tá machucado, ele ouviu muitos "seja forte", "você sabe que é a morte é só do corpo". Não, não, ele não entende, e não vai entender.

Eu e ele só sabemos que agora existe um grande vazio e uma nova ferida que vai estar sempre aberta.


--------------------------- //---------------------------

Pai, saiba que eu amo você demais e desculpa por às vezes ter sido tão ausente, não apenas fisicamente, mas espiritualmente, desculpa a falta de paciência, de jeito, desculpa por não ter tentando resolver as coisas, não eram minhas pendências, mas eu podia ter tentando.
Olha a mãe daí, ela precisa muito.

Amor eterno.

Karina


--------------------------- //---------------------------

"Depois de te perder, te encontro, com certeza... Talvez num tempo da delicadeza onde não diremos nada.... Nada aconteceu... Apenas seguirei, como encantado ao lado teu...."
Chico Buarque



- Postado por: K às 01h53
[ ] [ envie esta mensagem ]






Tudo-o-que-há-de-bom!!!

Natal, Ano Novo...
Época de festas, cores e luzes;
Desejos com sabor de infância.
Presentes, laços e cartões.
Época de esperança e aquela vontade boa de se renovar, de ser, de estar
e de amar...

Coisa boa, não?
Desejo a todos um Feliz Natal, e que o Bom Velhinho traga
tudo-o-que-há-de-bom...

Saúde
Paz

Encontros
Reconciliação
Sinceridade
Segurança
Alegria
Felicidade
Carinho
Sorrisos
Esperança
Coragem
Tolerância
Humildade
Realizações
Evolução
Poesia

E "todo amor que houver nessa vida..."

Um maravilhoso 2008 e que Deus ilumine a todos nós.

Beijos do tamanho do céu.




- Postado por: K às 15h08
[ ] [ envie esta mensagem ]






Mudanças

Nunca fui muito adapta a mudanças. Não sei lidar com situações novas e novas pessoas. Sim, sou bicho do mato. Só falo com quem eu quero e quando quero. Anti-social. Não sou tímida. Falo e faço apenas no meu tempo, algo que poucos entendem.

Mudei muito como pessoa, física, mental e espiritualmente. Mas até aí...
Mudanças sempre acontecem, mas sempre tive onde ou em quem me agarrar, nunca foi muito díficil.

Estudei em 3 escolas, em duas delas foi exatamente a mesma classe, na terceira, não estavam todas, mas tinha alguns velhos amigos.

Até no primeiro emprego, fui contratada junto com pessoas que eu já conhecia.
No segundo emprego, mais fácil ainda, já os conhecia a anos por causa do meu irmão.

Morei 22 anos na mesma cidade, mesmo bairro, mesma casa. Um dos bairros mais antigos da minha cidade, todo mundo se conhece.
Ano passado precisei mudar, acho que talvez a mudança mais brusca que tive até então, mudei de casa, bairro e me desfiz de muitas lembranças (materiais).

Meu namorado-que-virou-noivo-mês-retrasado mora em Vinhedo, até 3 anos atrás nunca tinha ouvido falar dessa cidade, mas as coisas mudam não?
Ele em Vinhedo, eu em Ribeirão, e nos conhecemos em Mogi-Guaçú.
Para alguém caipira, até que fui longe né não?

Nesse vai-e-vem, fui de vez...

Sim, mudei.
Mudei de casa, emprego, cidade.

Estou a 25 dias tentando me acostumar a uma cidade fria, um emprego diferente e uma casa/família, que por mais maravilhosa que seja, não é a minha.

Virei praticamante uma nômade...

Não estou com medo (não a maior parte do tempo, pelo menos..), mas achei que deveria tentar... E estou tentando.

Como diria o Lulu Santos, "se amanhã não for nada disso, caberá só a mim esquecer e eu vou sobreviver..."

É...

Mas vai dar tudo certo, não? ;)

 

 



- Postado por: K às 12h23
[ ] [ envie esta mensagem ]






Presente

Confesso que muitas vezes sou injusta, fruto talvez do meu cansaço, ou será uma desculpa?
O fato é que muitas vezes reclamo que ando com muito azar, e que alguém lá em cima não gosta muito de mim... Mas a verdade, de fato, é que alguém lá em cima gosta muito de mim, muito mesmo.

Já disse isso antes, mas nunca é demais dizer que tenho uma família maravilhosa, bons amigos, às vezes distantes, mas confesso que muitas vezes eu que me afasto, tenho um emprego que embora me dê muita dor de cabeça, é um bom emprego e tenho um namorado que virou (notícia quase fresquinha, porque já fez um mês) noivo!

O que eu mais posso querer?

.
..
...
....
.....
......
.......
........
.......
......
....
...
..
.

Tá achando que só porque estou "floreando" minha vida, não vou querer mais nada? Vai nessa...

Quero mais sim, quero sempre mais e pra melhor, claro.

Mas a lista de desejos/objetivos e afins vou deixar pra outro dia.

Só queria jogar confete no Sr. Meu-Futuro-Marido, e deixar registrado que eu o amo muito, muito mesmo, e que ele me faz muito feliz, é o meu "zóio" verde e o sorriso mais lindo..

E agradecer a Alguém lá cima pelo presente.

Obrigada tá?!?

Prometo cuidar ;)


Inté.


 



- Postado por: K às 09h39
[ ] [ envie esta mensagem ]






E o universo conspira...

Opa! Voltei ;)

Eu andava sem ter o que escrever, ainda continuo, mas...

Ando meio assim... Mais pra lá do que pra cá, entende?

Não? Pois é, nem eu.

Ultimamente as únicas coisas que me deixam feliz é o meu namorado e o sorriso sapeca da minha sobrinha (vou te conta, ela tá linda!! e sim sou tia coruja ;p).

Minha família é doida, meu dia é corrido, meu trabalho às vezes (99,9%) é um inferno, todo dia eu tenho uma enxaqueca fdp, e durmo mal toda noite, mas tirando essa dor de cabeça e as noites ruins, eu agradeço por tudo, todos os dias, mas há aqueles dias em que tudo me irrita, tudo me entristece e enfurece, e não, não é tpm.

Eu culpo o trabalho, os clientes problemáticos, o ônibus atrasado, culpo a lua passando por Plutão que está em conjução com a 9ª casa, enfim, culpo quem falou que o universo conspira a favor! Aliás, deve até conspirar viu?!? Já ouvi dizer que quando você quer muito uma coisa o universo conspira a seu favor, então tá, alguém muito fdp deve estar desejando muito mais do que eu, porque eu vou te contar viu...

Mas na verdade mesmo, mesmo, mesmo, o problema sou eu.
Não estou feliz, contente, animada, nada, mas no fundo (bem no fundo tá?) eu não culpo ninguém, se o trabalho me afeta, ou as pessoas sou eu que permito isso... Mas é difícil.
Se eu largo o emprego, como fica? Se eu mando o cliente se ferra, quem se ferra sou eu, se eu desistir do ônibus eu não chego na hora...

Ou nem é tanto minha culpa assim?

Bom, eu só sei que tudo tem me irritado, me deixando com raiva, daquelas que dá vontade de chorar, e eu acabo chorando (segurar choro nunca foi meu forte). E eu também sei que uma hora quebro o telefone lá da firma, ou ainda machuco minha mão de tão forte que bato na mesa só de raiva...

Na verdade tudo isso não tem um objetivo, é só falar/escrever um pouco pro nada...
Pra ver se acalma.

 

Mas amanhã será um outro dia, só resta saber se será bom, mas pelo sim, ou pelo não, continuo apelando pros cosmos....

Até a próxima ;)



- Postado por: K às 22h50
[ ] [ envie esta mensagem ]






Feriadão

Feriado prolongado.

Namorado perfeito.

São Paulo.

Namorado perfeito.

25 de março.

Namorado perfeito.

Brás.

Namorado perfeito.

Cabelereiro.

Namorado perfeito.

Casamento.

Namorado perfeito.

Preguiça.

Namorado perfeito.

Dia dos namorados antecipado.

Namorado perfeito.

Ir em embora...

 

Dor de cabeça.

Saudade.

 

Ai, ai...

Foi um longo fim de semana.

E amanhã.. Segunda-feira.



- Postado por: K às 21h29
[ ] [ envie esta mensagem ]






Vou ali ser feliz e já volto ;)

 



- Postado por: K às 23h06
[ ] [ envie esta mensagem ]






É o amor...

Tudo é você. Meu coração. Meus sonhos. Minhas manhãs e minhas noites. Você é o brilho do meu olhar. A paz no meu coração. Você é minha falta de juízo. Meu sorriso lindo e perfeito. Meu cheiro bom. Meu carinho e o infinito do céu. Você é a ausência mais sentida e a presença mais esperada. Você é meu sol. Meu conforto nos dias frios. Meu lado bom. Meu foco. Minha bússola.Você é meu bom humor, meu bom dia e meu dia bom. O beijo com gosto de quero-mais. O abraço que me desarma. É o meu desejo. Minha loucura.
Pra você digo sim. Pra você uso caps lock "EU TE AMO", porque sei que é pra sempre.

"Vejo-te em cada prisma refletindo
Diagonalmente a múltipla esperança
E te amo, te venero, te idolatro
Numa perplexidade de criança".
(Vinivius de Moraes)

 

 

 



- Postado por: K às 20h22
[ ] [ envie esta mensagem ]






Oração

Pai do céu,

Tenha dó das minhas costas e da minha cabeça.

Mas principalmente da minha cabeça.

É, ela tá cansada, cheia e quase explodindo.

Acalma ela.. Ela pensa demais, sabe?

E cuida bem do meu coração.

Explica pra ele que saudade não é tão ruim assim.

Será que ele ouvindo de Você, ele entende?

Porque eu falo, mas ele finge que não é com ele.

É sentimental demais, sente saudades de tudo.

Ah, e explica pra minha cabeça que reclamar (às vezes com ajuda do coração também) não leva a nada.

É outra que custa a entender.

São raros os momentos...

E aproveitando esse raro momento, eu agradeço tudo o que eu tenho.

O trabalho louco, a família louca, o namorado paciente.

Ah, e o motorista do ônibus que para na esquina quando eu não chego a tempo no ponto.

 

Obrigada tá?

 

Amém.

 

Ps: Mas vem cá.. Porque 5 e 6 da manhã?

 

 

 

 



- Postado por: K às 21h42
[ ] [ envie esta mensagem ]






Aiai...

 

Frio.

Nariz entupido.

Saudade.

Um nó na cabeça.

Quarto do avesso.

 

Aiai.. Amanhã será um longo dia.



- Postado por: K às 21h50
[ ] [ envie esta mensagem ]